Livro de férias

LD | 18 de janeiro de 2018 in Comunicação | Comments (0)

Papo Direto – Biblioteca de Comunicação
Livro de férias: Os segredos do guarda-roupa europeu – Anuschka Rees
Esse livro foi indicado pelas amigas Juliana e Mariana da Persona Imagem, concordamos que nossas áreas são complementares. Enquanto elas trabalham com o estilo pessoal na imagem, nós trabalhamos com o estilo de comunicação.
Foi inevitável ao ler o livro não fazer analogias com a descoberta do estilo de comunicação de cada um. Eu prefiro o título do livro em inglês, no qual fica claro que o objetivo do livro é: um sistema simples para descobrir seu estilo pessoal.
Acredito que é pela comunicação que deixamos nossa marca e também que tudo comunica – voz, roupa, aparência, conteúdo de sua fala, gestos, enfim, seu estilo.
Descobrir seu estilo e revela-lo nem sempre é fácil e precisamos de segurança e confiança para fazê-lo.
Para roupas temos regras gerais de tipos de corpo e cores que combinam mais com cada um, na comunicação temos as dicas de oratória, aspectos técnicos da fala e da expressão corporal. Mas assim como a autora do livro, vamos além disso no nosso trabalho.
O que fazemos com nossos clientes é encontrar o estilo de comunicação de cada um, o melhor comunicador que cada um pode ser, em sintonia com sua essência, valores e princípios (como muitos clientes gostam de reforçar, não querem parecer falsos).
No livro o que ela sugere é primeiro você avaliar o que já tem (o básico), nós fazemos isso pelo autoconhecimento, utilizando algumas ferramentas para auxiliar nesse processo, depois é a vez de descobrir seu estilo, temos que trabalhar com os exemplos que o cliente traz e analisar junto com eles o que está bom e o que quer mudar na sua comunicação. O terceiro passo é montar o guarda-roupa que nós vamos usar,para nós são as ferramentas, exercícios para ir montando o seu acervo, para as roupas temos a parte das compras que eu diria que na comunicação é o momento da prática, usar as novas ferramentas e avaliar os resultados. A comunicação é efetiva? Deixa a marca que você quer deixar? Se sim, perfeito, se não vamos ajustando até chegar na sua melhor comunicação, afinal se comunicar é se relacionar é estar com o outro é mostrar para o mundo a sua melhor parte…ou não!!!


Vestibular 100% de aprovação

LD | 10 de janeiro de 2018 in Comunicação | Comments (0)

Tags: , , , ,

Os vestibulares estão mudando, a educação está mudando… lentamente, concordo! Não é na mesma velocidade dos carros ou dos telefones, mas talvez porque sua complexidade seja maior. Envolve o desenvolvimento do ser humano.
Assim como a educação, a comunicação está em processo de mudança constante.
As mídias sociais, os meios de comunicação, as relações entre as pessoas, a forma de interagir faz com que a comunicação sofra modificações constantemente.
A novidade é… que da mesma forma que aprendemos conteúdo técnico podemos e devemos desenvolver habilidades de relacionamento, comportamento e comunicação, as chamadas soft skills.
Susan Pinker, psicóloga do desenvolvimento humano, aponta a importância das interações sociais e das relações próximas para a felicidade e saúde do ser humano, interferindo na sua longevidade.
Tenho visto empresas que contrataram as pessoas pelo seu conhecimento técnico, mas depois percebem a necessidade de habilidades de relacionamento e comunicação.
Portanto, quanto mais cedo percebemos que faz parte do ser humano e do seu desenvolvimento tanto aspectos técnicos como de relacionamento, melhor!
Os vestibulares começam, por meio de entrevistas e dinâmicas, a avaliar esses aspectos do relacionamento.
Temos tido a oportunidade de trabalhar com alguns desses vestibulandos é gratificante ver como eles podem em poucas sessões iniciar uma atenção para os aspetos de comportamento, relacionamento e comunicação. Podemos desenvolver por meio de treinamento essas habilidades e continuar ao longo da vida aprimorando, assim como fazemos com o conteúdo técnico. E nosso resultado tem sido 100% de aprovação!!!
http://educacao.estadao.com.br/noticias/geral,novos-formatos-de-vestibular-em-faculdades-privadas-desafiam-alunos,70002096621

WS1 SÃO PAULO – 22/11/ 2017 – VESTIBULAR – CIDADES – Faculdades particulares de ponta de São Paulo adicionam novas provas em seus processos seletivos para avaliar habilidades socioemocionais dos candidatos. É o caso da Faculdade de Direito da FGV que faz dinâmica de grupo para avaliar a capacidade de argumentação e pensamento crítico dos jovens. Na foto Gustavo Veneziani (c), quer uma vaga em direito na FGV, Ana Clara Choi e Bernanrdo Lisboa. FOTO:WERTHER SANTANA/ESTADÃO


Papo Direto- Biblioteca de Comunicação

LD | 14 de novembro de 2017 in Comunicação | Comments (0)

Tags: , , , , ,

Olá, mais uma dica de livro bem interessante!
Esse livro- de 2008 – contém informações bastante relevantes quando se trata de incrementar o poder do cérebro. As dicas que o autor, John Medina, oferece tem foco no aumento da capacidade cognitiva das pessoas. O que você vai encontrar é uma série de ações práticas que vão ajudar o leitor a aproveitar melhor as situações da vida pessoal e profissional.
Atividades físicas, dormir bem (cada um tem uma necessidade diferente de sono) e controlar o estresse, por exemplo, são alguns dos pontos detalhados de forma clara e fácil de entender. Capítulos que abordam a prática de atividades físicas, memória de longo e de curto prazo, atenção e controle do estresse estão entre os temas por ele abordados.
John Medina considera o cérebro “como o sistema de transferência de informação mais
sofisticado da Terra” e é!!! Ele diz ainda que o cérebro está preparado para deixar de prestar atenção quando o assunto é chato, por exemplo, ou que fazer muitas coisas ao mesmo empo não é bom! Já pensou nisso?
Nossa sugestão está relacionada ao fato de que o cérebro tem sido alvo de muitos estudos bastante interessantes e se você quer começar a estuda-lo ou tem curiosidade sobre o assunto esse é um bom livro.
Leia e nos conte o que achou!


Papo Direto- Biblioteca de Comunicação

LD | 6 de novembro de 2017 in Comunicação | Comments (0)

O livro de hoje da nossa Biblioteca de Comunicação sugere estratégias que podem ajudar profissionais que querem mudar algo em sua vida e tem certa dificuldade. Ou querem fazer isso de forma rápida! A comunicação é algo que exige muito foco quando se deseja fazer alguma alteração.
Muitos dos clientes da Linguagem Direta querem mudar ou adequar sua forma de comunicar. Cada pessoa é única e os desafios do dia a dia atingem de forma diferente, ou seja, notamos que alguns tem mais facilidade para desenvolver sua comunicação em comparação a outros. O livro Mude o que quiser- a nova ciência do sucesso pessoal, pode ser um auxiliar interessante.
Bem escrito, estruturado e com dicas práticas que vão desde formas de emagrecer e de se organizar até sugestões de como estruturar um discurso para uma conversa mais difícil entre muitos exemplos que você poderá encontrar lá!


Valores e Cultura nas Organizações

LD | 11 de outubro de 2017 in Comunicação,Geral | Comments (0)

Tags: , , , ,

Nós transmitimos nossos valores pela comunicação.

O coach Richard Barret, que desenvolveu o coaching evolutivo, traz no livro “A organização dirigida por valores” pontos fundamentais para discutirmos nas empresas.
Ele propõe uma metodologia simples para avaliar e gerenciar os valores e a cultura organizacional. Trabalho indispensável para o movimento do capitalismo consciente, portanto, peça essencial para a sustentabilidade no mundo dos negócios.
Precisamos valorizar e medir as dimensões qualitativas e quantitativas da organização. Ter consciência do discurso e humanizar as relações para aumentar a performance.
O modelo dos sete níveis de consciência, desenvolvido por Barret, é poderoso para medirmos o nível de consciência de indivíduos, equipes e organizações.
Nas empresas é essencial para o desenvolvimento da liderança aumentando o autoconhecimento do líder. É responsabilidade do líder criar uma cultura que esteja alinhada com os valores e as necessidades das pessoas.
As relações e a cultura devem ser baseadas na confiança, sem ela as relações, a comunicação e os processos ficam comprometidos. Com confiança ultrapassamos obstáculos e criamos soluções inovadoras.
Por fim, uma das contribuições mais importantes é unir a pessoa fora do trabalho com a do trabalho, sem isso, destruímos a qualidade de vida das pessoas. As pessoas querem fazer sua diferença no mundo conectadas com seu propósito e com o da empresa, portanto, as empresas também precisam desempenhar um papel fundamental na sociedade.
Esse livro é nossa recomendação no Papo Direto – Biblioteca da Comunicação.


Gagueira tem cura?

LD | 14 de setembro de 2017 in Comunicação,Fluência,Geral,Linguagem | Comments (0)


A gagueira é uma alteração da fluência da fala. A fala/linguagem é objeto de estudo da Fonoaudiologia e, portanto, o fonoaudiólogo, especialista em linguagem e/ou fluência, é o profissional habilitado para atender as pessoas que gaguejam.
Durante o XXV Congresso Brasileiro de Fonoaudiologia pude participar de uma atualização sobre o tema com a brilhante fonoaudióloga Anelise Bohnen.
As causas da gagueira são múltiplas, ainda prevalece a causa genética (70%), mas pode ocorrer por infecções das vias aéreas superiores por estreptococos e até por produtos químicos inalados. Temos pelo menos sete fatores a serem investigados.
O diagnóstico diferencial e correto é fundamental para o tratamento.
Quanto mais cedo a pessoa inicia o processo terapêutico fonoaudiológico melhor, portanto, a qualquer dúvida dos pais o fonoaudiólogo deve ser consultado.
Há várias pesquisas em andamento sobre equipamentos eletrônicos e até remédio para a cura da gagueira, mas atualmente o melhor resultado é alcançado com a terapia fonoaudiológica.
Sites para mais informações:
http://www.gagueira.org.br/
http://www.abragagueira.org.br/


Duas dicas de comunicação para se dar bem em qualquer profissão

LD | 12 de setembro de 2017 in Comunicação,Linguagem,Voz | Comments (0)

Tags:

Trabalhando no aperfeiçoamento da comunicação e sendo fonoaudiólogas por vezes somos questionadas – por clientes e amigos- sobre o que pode ser feito para comunicar de forma clara e produtiva no trabalho.
A resposta não é simples, mas dois pontos fazem MUITA DIFERENÇA!!!
O primeiro deles é a AUTENTICIDADE, ser verdadeiro (a) no que fala dá o tom para quem ouve, isto é, dá segurança naquilo que é dito, pois quando somos verdadeiros até nossa voz soa mais firme e fortalece nossa mensagem.
O segundo ponto é prestar ATENÇÃO naquilo que seu interlocutor fala, ou seja, quando você presta atenção total ao que escuta pode falar algo pertinente e relacionado ao assunto que está sendo tratado.

Se você seguir essas duas dicas, nós garantimos que terá bastante sucesso profissional. Não existe milagre, estar presente e seguir seu estilo respeitando os outros fazem com que você tenha uma comunicação mais eficiente no ambiente de trabalho.
Uma última dica, de número três, autoconhecimento é o que faz com que as dicas 1. Autenticidade e 2. Atenção ao que é falado
sejam possíveis.
Como você pode notar, comunicação exige de quem fala um cuidado relevante quando se tem por objetivo ser um profissional bem sucedido!


Biblioteca de Comunicação – livro novo

LD | 6 de setembro de 2017 in Comunicação | Comments (0)

A dica de leitura de hoje é um livro muito bom escrito por William Ury. Ele é destinado a quem quer e gosta de se preparar para ser um excelente comunicador durante uma negociação. A ideia é que, ao ter pleno conhecimento do que é importante para você, de quem você é e quais são as condições da negociação, entre outros pontos, você poderá se concentrar na comunicação e obter resultados bastante positivos para você e para o outro. Essa é a melhor negociação! Por favor, fique a vontade para comentar abaixo.


Você olha para o seu interlocutor?

LD | 31 de agosto de 2017 in Comunicação | Comments (0)

Tags: , ,

Outro dia, eu e uma cliente tivemos uma discussão muito interessante sobre o olhar.
Estávamos assistindo a uma gravação dela quando ela notou que não olhava para a câmera. Ela me disse que nesse momento foi de propósito, a câmera a intimida, mas isso a fez refletir e reconhecer que no dia a dia não olhava para as pessoas. Por que não? A justificativa foi que, se olhasse para as pessoas, elas saberiam o que ela está sentindo teriam acesso às suas emoções. A cliente inclusive citou aquele sábio ditado: “os olhos são espelhos da alma”.
Seguimos a discussão sobre o olhar, concluindo que ele abre a conexão com o outro, nos aproxima. Não seria esse, justamente, um dos objetivos da nossa comunicação? A conexão, o relacionamento.
O olhar tem um papel fundamental na comunicação. Inclusive voltando para minha cliente começamos a falar que ele é fundamental na hora da paquera ou da “resenha” como dizem os mais novos. E na hora do convite ao beijo, então? Como desviar o olhar?
Quando olhamos para o outro estamos incluindo-o, acolhendo-o no nosso discurso, na nossa história, estamos pedindo sua atenção. Desviar o olhar ou recusar-se a olhar significa não aceitar a inclusão, não querer participar e, na maioria das vezes, o outro o sente-se totalmente desconfortável na situação.
O olhar também transmite credibilidade, mas falaremos disso em outro post.
Como está a minha cliente? Observando… Pedi para se observar e observar o olhar dos outros. Perceber o que sente ao olhar e quando é olhada. E nossa discussão continuará.
A melhor comunicação é a que nos conecta pela emoção e o olhar é essencial para isso!


Biblioteca de Comunicação – Inteligência Emocional

LD | 23 de agosto de 2017 in Comunicação | Comments (0)

Daniel Goleman reuniu no livro “Liderança: a inteligência emocional na formação de um líder de sucesso” artigos sobre o tema. Escolhemos dividir com vocês comentários sobre o artigo “Inteligência social e a biologia da liderança”.
Ele traz a neurociência social – o que acontece no cérebro enquanto as pessoas interagem. Quando os líderes tem empatia e sintonizam seu estado de espírito com os outros afetam sua química do cérebro e a de seus seguidores.
É por meio da comunicação que o líder vai inspirar os outros a serem eficazes. Seguidores espelham seus líderes literalmente e o bom humor, sorriso e a intuição comprovadamente fazem diferença. O líder deve estar na sintonia fina, há uma afinidade entre as pessoas e a expressão corporal é decisiva para isso.
Ele ressalta que para se tornar socialmente mais inteligente você precisa de alguém que dê um feedback honesto e/ou da ajuda de um profissional, para mudar comportamento por meio de autoconhecimento, avaliação e treino das habilidades sociais.
Pesquisas demonstram que líderes socialmente inteligentes tem melhor desempenho. As qualidades que eles possuem são: empatia, sintonia, percepção organizacional, influência, desenvolvimento dos outros, inspiração e trabalho de equipe.